Encontro  Produtivo mobilizou comunidade de assentamento  em Tocantínia

Encontro Produtivo mobilizou comunidade de assentamento em Tocantínia

A prefeitura de Tocantínia, por meio da Secretaria da Agricultura, promoveu nesta sexta-feira (13), no Assentamento Água Fria II, uma edição do Encontro Produtivo  com os assentados pelo INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), juntamente com outros órgãos governamentais e não governamentais.

Foi uma ação conjunta da prefeitura de Tocantínia, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Secretaria do Desenvolvimento dos Povos Indígenas, Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal do Desenvolvimento de Palmas, Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, INCRA e  da Federação Tocantinense das Entidades Rurais do Tocantins (Faerto), teve o objetivo de incentivar a produção agrícola, piscicultura, os cuidados com resíduos sólidos e prestar informações sobre a regularização dos lotes que ainda se encontra irregular, conforme os critérios adotados pelo Governo Federal. 

O secretário do Desenvolvimento Rural de Palmas, Roberto Jorge Sahium, destacou em palestra que a produção da mandioca e piscicultura pode ser uma alternativa de geração de renda de baixo custo para os pequenos produtores.

Para o secretário executivo da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Adenieux Rosa Santana, o governo do estado vem sempre dando o suporte e assistência técnica aos pequenos e grandes produtores, através da Ruraltins.

O presidente da Faerto, Marcino Pereira Lima, em palestra apresentou como alternativas para os assentados, a mandioca em pequena escala de produção e criatório de peixe em tanques rústico com baixo custo.

O Superintendente do INCRA, Milton Gomes da Silva, explicou sobre as mudanças do Governo Federal na regularização e financiamentos fundiários para os proprietários de terras dos assentamentos. E que no momento o foco é a Titulação do terreno, diante da comprovação por meio de documentos como conta de energia ou água, faturas, entre outros. 

A técnica agrícola do município, Suiane Sardinha, abordou o tema sobre os cuidados com os resíduos sólidos no ambiente da moradia. Explicou que o mau acondicionamento dos lixos pode causar danos para a natureza e saúde humana. Depois distribuiu mudas produzidas no viveiro municipal das sementes que foram doados pelos moradores do assentamento.

O vice-prefeito Nilo Monteiro, representando o prefeito Manoel Silvino, disse que a prefeitura vem buscando parcerias com as instituições competentes para atender as demandas dos moradores da zona rural. 

MG3532
MG3506
MG3503
MG3578
MG3556
MG3573
MG3533
MG3537


Imprimir   Email