Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias Meio Ambiente > Viveiro municipal de Tocantínia produz e distribui gratuitamente mudas de árvores frutíferas e nativas
Início do conteúdo da página

Viveiro municipal de Tocantínia produz e distribui gratuitamente mudas de árvores frutíferas e nativas

Criado: Sexta, 28 de Dezembro de 2018, 20h57 | Acessos: 83

A Prefeitura de Tocantínia por intermédio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Saneamento Básico, implantou o viveiro municipal para produção de mudas de árvores frutíferas e nativas da região para distribuir gratuitamente para os agricultores e comunidades indígenas com objetivo de recuperar nascentes dos rios e áreas degradadas no município.

Há um ano que o projeto de produção de mudas vem sendo desenvolvida pela prefeitura, onde antes o sistema de produção do viveiro era administrado pela Associação da Brigada de Incêndio Indígena Xerente do PREVFOGO/IBAMA, tendo como parceira a prefeitura.

Para o Secretário do Meio Ambiente, Francisco Nardes, o projeto tem o propósito de implantar o sistema de agroflorestal nas comunidades indígenas, além de recuperação das nascentes dos rios que estão sendo comprometidas no período de longa estiagem na região.

Os indígenas tem uma cultura ancestral de fazer roças tradicionais chamadas de “roça de toco” para cultivar cereais para o sustento da família. E praticamente quase todas as roças são feitas nas matas ciliares. Com a técnica do sistema Agroflorestal pretende-se recuperar todas as áreas de roças que foram desmatadas para plantação. Isso já está acontecendo com a participação das comunidades indígenas no processo de agrofloresta.

Agrofloresta é um sistema de produção que geralmente imita o que a natureza faz  normalmente com o solo sempre coberta pela vegetação. São vários tipos de plantas na mesma área protegendo uma as outras, ajudando a combater as pragas e doenças, dispensando a utilização de venenos nas plantas. Nesse sistema é encontrada uma mistura de culturas anuais como: árvores perenes e frutíferas e leguminosas.

Além da implantação do sistema de agrofloresta, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente já vem realizando nesse ano, o plantio de mudas de árvores nativas nas nascentes e as margens dos córregos Cercadinho, Salete e Jacó, e com a perspectiva de aumentar a plantação no próximo ano de 2019. 

42f77f9e-213b-4aa3-ba18-4fcece6ca87d
41a43e9d-6821-4e96-916b-b739bd158b6e
7d5a916d-1f9b-4e60-b915-01cb3c50ec59
2edb3439-a8ad-4772-baac-ff26e4cd95aa
2dfb0cac-b410-47fb-8422-ddbf392f7706
e7763ab7-f04f-442e-bb42-104157fbdb71
b86f4021-d850-4fc3-8f76-e10f1b927a99
a1292529-c844-4c5b-a929-3c5c15053abe
625612a3-6924-4652-9412-4230db04a8461
191c85a6-6d15-43e6-b80b-58d39de7e4991
54ba5af4-11e9-49a3-a763-a635bc997b2e

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página